A maquiagem é um detalhe do casamento fundamental, que complementa o traje e pode ajudar a reforçar o estilo da noiva. Muitas noivas deixam para fechar a maquiagem após contratar o vestido de noiva. Não existe uma regra sobre a ordem que as coisas devem ser feitas, contratadas.

Maquiagem no salão ou particular no casamento?

O importante é saber exatamente quem e o que está contratando. E, principalmente, se sentir seguro com a decisão. Mais que isso – escolher profissionais que combinam com o estilo da noiva, com a personalidade.

No caso do cabelo e da maquiagem da noiva, não dá para ser qualquer fornecedor! Afinal de contas, é a maquiagem do casamento! O rosto estará eternizado nas fotos, todos focam na noiva em qualquer casamento…

Um movimento que cresce e possui cada vez mais aceitação no Brasil é o trabalhado do maquiador particular. Geralmente, esse tipo de profissional já trabalha fora do espaço do salão e oferece um atendimento realmente personalizado, com o plus de não ser um preço tão exorbitante quanto os salões para noivas famosos. E, o melhor: ele vai até você. Muita gente pensa: o que é melhor? Maquiagem no salão ou particular no dia do casamento? A resposta é: depende do que você quer. O que você deseja para o seu grande dia?

Maquiagem do casamento

Escolher como você vai se maquiar no dia do casamento é essencial para planejar bem seu orçamento certo e seus horários para o dia do casório. (Foto: Angela Moody Makeup Artistry)

Onde você quer se maquiar no dia do casamento?

O hábito brasileiro é ir ao salão. Há salões para todos os gostos e para todos os bolsos. Em muitos casos, há várias opções de pacotes com itens que incham o preço final da contratação desse tipo de serviço. Mas, uma parte significativa das noivas optam pelo básico – cabelo e maquiagem.

E, vários salões famosos – seja por seus profissionais ou pela magnitude do espaço físico – trabalham o conceito de glamorização do salão e da noiva. Mas, será que é mesmo? Será que, realmente, é possível se sentir bem  no salão?

Quero contar a minha experiência. Isso não serve de regra para nada e para ninguém, mas certamente pode ajudar a refletir sobre essa questão. Quando eu estava colhendo os orçamentos para o meu casamento esbarrei com a frieza de muitos atendimentos, com os preços exorbitantes e, muitas vezes, a falta de trato com o cliente em potencial. Percebi que a glamorização se concentrava só nos preços. Então, comecei a questionar o que queria para o meu casamento.

Já tinha ouvido algumas muitas mulheres relatarem no pós-casamento as decepções das suas experiências de Dia da Noiva. Estar em um salão com pessoas sem a menor intimidade, um lugar pouco aconchegante e acolhedor. Comecei a concluir que não queria estar no espaço do salão. Eu queria estar cercada de pessoas queridas – da minha mãe e das madrinhas mais próximas de mim. Queria um atendimento personalizado e não queria pagar uma fortuna pelo básico cabelo e maquiagem.

Então, eu digo que é preciso se perguntar sobre o que quer. Muitas noivas querem sim fazer o cabelo e a maquiagem em um salão de renome para que se sintam mais glamorizadas. Você paga pelo nome e pelo glamour proporcionalmente.

Por outro lado, muitas vezes, a pessoa já possui costume de ir em determinado salão, se sente à vontade… Ou, então, se sente confiante, conhece os profissionais e o serviço está dentro do orçamento. Então, ir para um salão pode ser uma boa.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)