As mulheres sofrem todos os tipos de pressão para ter um corpo perfeito. E, se existe um momento da vida que esses padrões estéticos são reiterados é no casamento.

Vestir um vestido de noiva impõe cobranças gigantescas para a noiva. Há uma construção social e cultural da beleza da noiva ancorada no padrão da magreza, do esbelto, do “sarado”. As imagens e “mensagens” chegam por todos os lados: pela publicidade, pela mídia, pelos blogs de casamento e, até mesmo, pela sociedade.

Cada vez mais, o corpo feminino é excluído de todas as suas possibilidades, de sua própria diversidade. Isso faz  com que, muitas vezes, a felicidade no dia do casamento seja depositada na figura de uma noiva perfeita (=noiva magra).

Essas imagens penetram com tanta força na mente que, nós noivas, repentinamente, passamos a acreditar que no dia do casamento precisamos estar esbeltas, com a cintura ajustada aos padrões de noiva estabelecidos socialmente.

Uma das coisas mais horrendas que reforçam essa opressão social é a dieta da noiva KE (que vem de Ketogenic Enteral Nutrition), que consiste basicamente em se alimentar por sonda e perder quilos rapidamente antes do casamento. Esse procedimento é realizado nos Estados Unidos.

Dieta da noiva

Essa dieta da noiva promete perder entre 7-20 quilos antes do casamento. Parece que essa dieta foi criada pelo Dr. Oliver R. Di Pietro. Agora, é moda nos EUA. A pessoa se alimenta por sonda alguns dias antes do casamento para emagrecer loucamente.  Vários médicos tem criticado essa dieta por colocar em risco a saúde da mulher.

Perceba o absurdo: um procedimento usado para a recuperação de pacientes com patologias graves, que estão sofrendo, sendo usado para noiva emagrecer. Não é de hoje que ocorre essa banalização de procedimentos cirúrgicos e estéticos em prol de uma pretensa “noiva perfeita”.

É óbvio que quase todas as noivas gostariam de casar em sua melhor forma física. É claro que, como noivas, há inseguranças, ansiedades com relação a esse assunto. No entanto, as possibilidades de significação da mulher enquanto noiva são muitas.

Tudo isso é ser severo e cruel demais com a noiva. É preciso se valorizar, enquanto noiva, enquanto mulher. Por que o casamento é muito mais que isso. É o amor! É você feliz! A felicidade precisa estar em você, independente de tudo!

A perda de peso não pode ser o cerne do casamento. Isso é vazio demais, é pobreza de espírito. Há outros tantos valores mais importantes que diz quem você é, que está muito distante do estereótipo da noiva perfeita.

Menos crueldade, por favor! Por que toda noiva é linda!

Um comentário para “Dieta da noiva da sonda (KE): em prol da ditadura do corpo perfeito”

  1. Josy

    Que horror! Como alguém consegue se submeter a isso? Do que adianta ficar magra e não ter energia e nem saúde pra curtir o casamento e a viagem?
    Está por fora… Concordo demais: “Toda noiva é linda”

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)