Depois de meses planejando o casamento, os noivos esperam para o grande momento pós-casamento: a lua de mel.

A lua de mel é um momento para relaxar, descansar, conhecer um novo destino e ter um momento especial juntos.

Muitos casais querem um tipo de viagem diferente, que saia do lugar comum, mas, ao mesmo tempo, não dê aquela “canseira de viagem”.

Vocês já consideraram a hipótese de fazer uma viagem de cruzeiro na lua de mel?

Há cruzeiros pelo Mediterrâneo, pelo Caribe, pela América do Sul… As possibilidades são muitas.

O mais legal é que existem cruzeiros para todos os tipos de orçamentos, de estilos de vida e de gostos. O post de hoje vai mostrar os motivos que muitos casais estão optando por “navegar pelos mares”.

Cruzeiro de navio na lua de mel

1. Romântico. É sempre romântico realizar qualquer experiência de viagem juntos. E o navio é um lugar que favorece o clima de romance. Jantares românticos, participar de várias atividades em conjunto, conhecer novos destinos românticos (onde o navio atraca, que depende de cada itinerário), relaxar, namorar muito…. O ambiente é romântico! Uma experiência inesquecível para os apaixonados!

2. Custo x benefício compensa. É uma viagem que é como se você estivesse hospedado em um hotel de luxo em alto mar, mas sem pagar tão caro. Geralmente, oferecem serviços all inclusive (com todas as refeições incluídas) E, cada vez mais, os cruzeiros estão se popularizando e tornando-se acessíveis. Há mini-cruzeiros (de 3 dias) até cruzeiros maiores (com mais tempo).

3. Sem planejamentos extensos. Há um planejamento extenso e meticuloso para viajar para qualquer destino. Para um cruzeiro, você não tem que se preocupar em fazer reservas de hotel, selecionar os lugares que vai visitar, saber sobre o transporte para chegar onde quer. A melhor época de viajar vai depender do itinerário do cruzeiro que você escolher. Para saber como funciona: Manual do Cruzeiro.

4. Experiência gastronômica incrível! Normalmente, os cruzeiros possuem um buffet amplo, com uma variedade incrível de pratos (café da manhã, almoço e jantar). Geralmente, todo cruzeiro possui um restaurante especial, em que são servidos o menu a la carte no jantar (com entrada, prato principal e sobremesa). O clima de “jantarzinho romântico” é sempre uma delícia. É uma ótima oportunidade de experimentar sabores diferentes, pratos sofisticados.

5. Muitas atrações. Não pense que é uma experiência entediante. Os cruzeiros possuem várias atividades que vão do período da manhã até o período da noite. Todos os dias os “planos diários” (jornalzinhos com as atividades ofertadas) são distribuídos. Dança, escalada, aula de ginástica, oficina, show, brincadeira na piscina, degustações… São inúmeras atividades todos os dias. E, ainda, você pode contratar passeios especiais nos portos que o navio atracar.

6. Relaxar. Se tem um lugar que é excelente para fazer nada é em uma viagem de cruzeiro.  Quem quiser, pode relaxar sem compromisso. Piscina, jacuzzi, dormir, curtir o pôr do sol em alto mar. E, até mesmo, fazer uma massagem no SPA do navio.

7. Ser bem servido o tempo todo. Geralmente, a equipe que trabalha nos cruzeiros é bem treinada. Os serviços prestados são de excelência qualidade. A tripulação recebe sempre com sorrisos, disposta a ajudar… O nível de satisfação dos turistas em uma viagem de cruzeiro é um dos maiores (se comparado com outras viagens). E na lua de mel é aquele momento que ninguém quer ter nenhum tipo de “chateação” de viagem.

Há, ainda, linhas de cruzeiros de luxo que são verdadeiros “paparicos” para noivos. Nesse tipo de cruzeiro especificamente, os viajantes possuem acesso a todos restaurantes do navio, recebem amenities incríveis, possuem direito: garrafas de água, vinhos, cervejas e bebidas. Os cruzeiros de luxo é para noivos que querem gastar.

Mas, os cruzeiros comuns atende perfeitamente a maioria dos casais apaixonados!

Eu tive a oportunidade fazer um cruzeiro e foi uma deliciosa experiência. Recomendo como uma alternativa bacana e feliz para a lua de mel.

Para quem gosta de viagens, pode me acompanhar também no Viagem Digital (blog de viagens).

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)